Vivagreen

Orgânicos

Orgânicos Mantêm o Ritmo de Crescimento

18 de julho, 2015

Estimativa é de que sejam exportados mais de US$ 280 milhões em produtos naturais até ofim deste ano. Número de embarques é 12% maior que o registrado durante 2014.

ORGÂNICOS

O mercado de produtos orgânicos dá sinais de que não está sentindo os efeitos da patinação da economia brasileira. A expectativa é de que o setor mantenha o ritmo de crescimento anual entre 25% e 30% em 2015, mesmo número alcançado no ano passado.

As exportações devem bater recorde e atingir o montante de US$ 280 milhões – 12% superior ao exportado em 2014 (US$ 250 milhões).

No Brasil, o faturamento do setor chegou a ultrapassar a marca de R$ 2 bilhões no ano passado. A estimativa é de que este ano o número salte para R$ 2,5 bilhões. Os dados são do coordenador executivo do projeto OrganicsBrasil, Ming Liu, que hoje conta com 60 empresas especializadas na produção de produtos orgânicos.

“Desde 2011, quando o mercado de orgânicos foi regulamentado no País, o nosso crescimento anual tem ficado nessa margem [entre 25% e 30%]. Apesar da crise econômica, a tendência que observamos até o momento é de que o setor vai continuar a crescer no mesmo ritmo”, diz Liu.

Segundo ele, esta é uma tendência global, já que o mercado de orgânicos tem crescido em todo o mundo. Apesar de alguns atrasos, Liu acredita que o Brasil tem potencial para competir com outros países. “O produto brasileiro é muito demandado, muito em conta do apelo que o País tem pela sua biodiversidade. Lá fora, eles são bem valorizados.”

CERTIFICAÇÕES

Um das barreiras que o produtor brasileiro encontra quando decide exportar é a certificação. Cada item usado na produção é fiscalizado. Por isso, os que demandam de muitos ingredientes têm mais dificuldade para serem aprovados.

“A operação acaba ficando inviável, pois fica muito complexa. Um exemplo é a barra de cereal. Ela é feita com diversos ingredientes diferentes e cada um deles tem de obter a certificação de que é, de fato, orgânico. Ao contrário do açúcar, por exemplo, que é um item só e tem mais facilidade para ser aprovado”, explica Liu. Desde 2011, as certificações são regulamentadas pelo Ministério da Agricultura.

AÇÚCAR

O produto orgânico mais exportado hoje pelo Brasil é o açúcar. Só a brasileira Native responde por 33% de toda produção mundial de açúcar orgânico. A sacarose, produzida em Sertãozinho (SP), é enviada para mais de 30 países. “De nossa produção, 90% são voltados para exportação. Isso dá algo em torno de 50 mil toneladas ao ano”, diz Hélio da Silva, ger. comercial da Native.

Fonte DCI

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts