Vivagreen

GreenArq

Arquitetos projetam fazendas flutuantes com o objetivo de produzir toneladas de alimentos

12 de julho, 2015

As ‘Smart Floating Farms’ possibilitam o fornecimento de alimentos orgânicos frescos, com uma produção sustentável

Uma empresa de arquitetura de Barcelona, Espanha, criou uma solução para a falta de espaço para a produção de alimentos. O projeto da Forward Thinking Architecture consiste em uma fazenda flutuante movida a energia solar, dedicada ao fornecimento de verduras, legumes e peixes, batizada de Smart Floating Farms (“Fazendas Flutuantes Inteligentes”, na tradução literal para o português).

A proposta foi inspirada em criações de peixes da China, que têm estruturas flutuantes também. O objetivo das fazendas inteligentes é possibilitar o abastecimento de alimentos orgânicos frescos, com uma produção sustentável e automatizada. Elas poderiam ser construídas em alto mar ou em áreas alagadas, próximas às cidades, com o uso de energia solar, plantio hidropônico e aqüicultura para os peixes.

Forward Thinking Architecture/Divulgação

A estrutura de uma fazenda tem 209 mil metros quadrados e é dividida em três andares. No primeiro, ficam localizados os pontos de água, piscinas para criação dos peixes e uma usina de dessalinização. O segundo será o espaço dedicado ao cultivo de hidropônicos, sistema de irrigação e central de controle de microclima. E no último piso, uma usina fotovoltaica, para produção de eletricidade.

Forward Thinking Architecture/Divulgação

Em um ano, uma fazenda tem capacidade para produzir 8.152 toneladas de alimentos e 1.703 toneladas de peixes. Além disso, os arquitetos responsáveis planejam o reaproveitamento de resíduos orgânicos, captação de água da chuva e uso de energia eólica.

Forward Thinking Architecture/Divulgação

Morar sobre as águas

Além de serem dedicadas para produção de alimentos, estruturas flutuantes podem abrigar moradias. Um exemplo disso é o conjunto Drijf in Lelystad, que consiste em oito moradias flutuantes para uma comunidade de oito famílias em Lelystad, na Holanda. Após morar em residências que imitavam barcos durante a infância, o grupo sonhava em viver novamente sobre os rios.

O conjunto 'Drijf in Lelystad' consiste em oito moradias flutuantes para uma comunidade de oito famílias em Lelystad, na Holanda - Divulgação

O conjunto ‘Drijf in Lelystad’ consiste em oito moradias flutuantes para uma comunidade de oito famílias em Lelystad, na Holanda

Eles formaram a associação Drijf en Lelystade pediram a um escritório de arquitetura o projeto de oito casas flutuantes diferentes, mas coincidentes, que incluem um rio no quintal.

Via Lugar Certo – lugarcerto.com.br

Uma resposta para “Arquitetos projetam fazendas flutuantes com o objetivo de produzir toneladas de alimentos”

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts