Vivagreen

Blog

As maiores e mais incríveis estruturas de energia solar do mundo

18 de julho, 2015

A energia solar, uma das mais limpas que existem à disposição na natureza, é muito bem aproveitada em projetos grandiosos e super modernos.

Esqueça aquela imagem que vem à cabeça de painéis solares instalados no telhado de uma casa. Hoje, estruturas grandiosas abrigam painéis solares que, além de contribuírem para a produção de energia limpa, agregam beleza a designs ultramodernos de construções ao redor do mundo. Conheça cinco dessas maravilhosas estruturas!

Sanyo Solar Arc

neepster

A empresa Sanyo construiu, em 2002, o Museu da Energia na Província de Gifu, no centro do Japão. A estrutura lembra uma asa e possui 315 metros de largura e 37 metros de altura. Seus cinco mil painéis solares fazem da sua fachada uma estrutura muito elegante e produzem mais de 500 mil kWh de energia por ano. Além dos painéis solares, a fachada conta com lâmpadas de LED que iluminam o local à noite.

Solar Powered Office Complex

Er Dong / for China Daily

A China, sempre conhecida por seus projetos grandiosos, mais uma vez saiu na frente com a construção do maior edifício comercial alimentado por energia solar no mundo. O prédio possui 75 mil metros quadrados de área e abriga de laboratórios de desenvolvimento e pesquisa e salas de reuniões a um hotel. Seus painéis solares cobrem uma área de 5 mil metros quadrados e dão conta de 95% das necessidades energéticas do prédio. Essa bela estrutura fica localizada em Dezhou, na província de Shandong, noroeste da China.

Estádio de Kaohsiung

© Depositphotos.com / shiyali

Localizado em Taiwan, o estádio possui 8.844 placas solares que são responsáveis por alimentar 100% das necessidades energéticas do estabelecimento. A estrutura foi criada pela companhia japonesa Toyo Ito, em 2009, para abrigar os Jogos Mundiais, e tem capacidade para 55 mil pessoas. Além de 100% limpo, seu formato de ferradura confere um ar futurista ao lugar.

Pista de Nascar Solar

© Depositphotos.com / actionsports

Os amantes de automobilismo podem não saber, mas a pista de Nascar, na Pensilvânia, possui a maior instalação de captação de energia solar do mundo. A Pocono Raceway possui sua usina para captação da luz solar por painéis fotovoltaicos. Além de fornecer energia suficiente para a instalação desportiva, o sistema, com capacidade instalada de 3MW, abastece cerca de mil casas nas proximidades.

Ponte Blackfriars

Flickr.com / Matt Brown
Mesmo construções antigas podem ser boas fornecedoras de energia limpa sem perderem seus valores históricos. É o caso da ponte de Blackfriars, que fica sobre o Rio Tâmisa, em Londres. Construída em 1886, em 2014 a ponte teve sua reforma concluída e se tornou a maior ponte solar do mundo. Dentro das mudanças, a ponte foi transformada em uma estação de trens. Ela conta com seis mil metros quadrados de teto solar, capaz de produzir 900 mil kWh anualmente, o que supre metade das necessidades energéticas dos trens.
 
Via Pensamento Verde

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts