Energia

Nova York terá carrinhos de comida movidos a energia solar

Por novembro 6, 2015 Sem comentários
MRV100Hyrid-FoodCart-536x410

As ruas de Nova York devem se tornar mais verdes e sustentáveis com iniciativa que prevê a redução das emissões

De tacos a hot dogs, as famosas comidas de rua de Nova York devem se tornar mais sustentáveis nos próximos meses. Isso porque, para combater os níveis de poluição da cidade, uma empresa do bairro do Queens desenvolveu carros de comida movidos a energia solar, os chamados MRV 100 carts.

Atualmente, é possível encontrar cerca de 8.000 carrinhos de comida nas ruas da cidade, funcionando, geralmente, com botijões de gás propano. Além do perigo, o produto tem efeitos negativos sobre as cozinhas e, ainda, sobre o meio ambiente, já que são fontes de emissões de gases de efeito estufa e de poluição do ar.

Para mitigar os impactos, o projeto piloto prevê o fornecimento de uma alternativa para a preparação da comida e sua comercialização, baseada na energia limpa. Os carros possuem painéis fotovoltaicos, baterias recarregáveis, gerador híbrido e cozinha móvel projetada para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 60%.

Fonte: mnn.com

Hoje, existem cerca de 8.000 carrinhos de comida nas ruas da cidade.

Ao todo, 500 novos carrinhos destes deverão chegar em Nova York no meio do ano, para um período experimental. Como eles foram produzidos com doações e investimento privado, estes serão distribuídos de graça. Para assegurar que todos tenham chance, 100 unidades serão reservadas para veteranos que trabalham como vendedores licenciados de comida de rua.

Parceria privada e pública 

O projeto, que acontece por meio de uma parceria entre uma cidade e a MOVE Systems, empresa responsável pelo desenvolvimento dos carros, é considerado um investimento importante para garantir que uma das cidades mais conhecidas do mundo se torne mais verde e mais limpa.

De acordo com um relatório divulgado pela Energy Vision, revelou que apenas uma unidade do MRV100 híbrido reduz as emissões de óxidos de nitrogênio em 95%. A ideia é expandir, cada vez mais, o projeto. Apesar de os primeiros carros serem gratuitos, vale lembrar que para um futuro o custo de um MRV 100 está entre US$ 15.000 e US$25.000.

Pensamento Verde

Deixe uma resposta