thinscream2-e1456361021714

Por Lidiane Ferreira, da ProjectHub

Em 2012, os indianos Raj Desai e Pratik Agarwal fundaram a startup ThinkScream, que desenvolve projetos focados na união entre tecnologia e comportamento. Foi então que, cansados de verem tanta sujeira pelas ruas de Mumbai, resolveram criar  uma ”lixeira inteligente”. Uma ideia local, mas que serviria para inúmeras cidades do mundo.

O objetivo é estimular a população a jogar o lixo no lixo, e como incentivo, quem agir da forma correta ganha uma boa recompensa. No caso, o prêmio escolhido foi a internet. A lixeira especial tem um painel de LED que acende e fornece uma senha cada vez que algo é descartado nela. O código garante o acesso a wi-fi gratuito por 15 minutos em um raio de até 50 metros.

”A Índia é um país onde as pessoas amam quebrar as regras. Vemos pelas ruas que ninguém dirige dentro das faixas. Vemos na forma como as pessoas desrespeitam os espaços públicos ao jogar lixo em qualquer lugar que queiram”, afirmou Desai ao CNN Money. ”Precisávamos criar uma solução paras as pessoas se engajarem nessas ações”, disse.

Com um custo aproximado de US$ 1.470 por lixeira, seis protótipos foram lançados e testados em um festival  em 2014. Desde então, a startup recebeu diversas propostas de empresas que veem o projeto como uma oportunidade viral de marca.

”Não fizemos uma análise ‘antes e depois’ ainda, mas sabemos que as pessoas realmente gostam de usar a lixeira, primeiro pelo fator ‘uau!’ e depois pelo wi-fi gratuito”, afirmou Desai.

O Globo

Deixe uma resposta