Blog

Jardins Verticais

Por outubro 20, 2015 Sem comentários
featured11

Patrick Blanc é um botânico francês e designer que desenvolve o conceito de jardins verticais. Pincela paredes cinzas dos centros urbanos com um pouco de natureza. Viaja o mundo construindo jardins verticais em ambientes externos e internos das cidades. Solução inteligente e elegante para reciclar ambientes urbanos artificiais.

Reconectando os habitantes de áreas urbanas com o verde, considerando que cerca de 3,5 bilhões de pessoas vivem atualmente nas cidades sem contato com a natureza. Essa técnica pode produzir um ar mais limpo, um clima mais ameno, aumentam a umidade do ar e contribuem para a redução do barulho, considerando que as plantas são ótimas isolantes acústicas.

No Brasil, a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo foi contemplada com um projeto de Patrick Blanc que  tem também um projeto para o Rio de Janeiro, mas ainda não foi executado.

O artista usa as fachadas dos prédios como telas de pintura gigantes, onde faz composições harmônicas de diferentes espécies de plantas – cuidadosamente escolhidas com base nas condições locais.

Blanc projeta também a estrutura para manutenção, com irrigação e nutrição necessárias para que as raízes das plantas não cresçam excessivamente e para que seu trabalho não vire um fardo para os moradores da cidade, quando for embora. As plantas são fixadas em um feltro especial preso a uma estrutura metálica.

O botânico criou seu próprio eden, nos arredores de Paris. Suas paredes verdes fizeram com que  esse francês fosse conhecido mundialmente. Seu oásis tem pássaros exóticos, lagartos rastejantes e sapinhos que se aninham entre a folhagem densa . O piso elevado de seu escritório é na verdade um enorme aquário cheio de peixes tropicais.

Agenda lotada, que inclui o projeto paisagístico mais alto do mundo, em Sydney – Austrália. Blanc explica que a partir de um rabisco de grafite, uma parede simples pode se tornar algo poético.

Observando seu aquário cheio de peixes tropicais ainda na infância, começou a se interessar pelos  ecossistemas. Quando tinha 13 anos de idade, leu em uma revista que a água podia ser purificada com raízes flutuantes das plantas aquáticas. Percebeu então que as plantas poderiam crescer sem a necessidade de qualquer tipo de solo. Seu primeiro trabalho foi feito em seu quarto quando tinha 18 anos e era irrigado a partir de uma bomba de aquário. Seus projetos de hoje são irrigados usando o mesmo princípio.

Blanc  projetou cerca de 300 jardins verticais em todo o mundo , inclusive em climas desérticos, como Bahrein e Arábia Saudita, além da torre do Central Park , em Sydney com mais de 160 metros de altura, projeto bastante desafiador. Ao todo são 450 tipos diferentes de plantas, das quais 250 são espécies locais. Em edifícios altos o vento sopra forte requerendo uma grade de metal reforçada para apoiar as plantas.

patrickquatro

Como fazer seu paisagismo vertical de 5 metros de altura:

Passo 1: Faça uma estrutura de metal com peças de 4cm de espessura, que será posteriormente fixada na parede.

Passo 2:  Na parte superior do quadro fixe uma folha de PVC expandido de 1 cm de espessura.

Passo 3 : Grampeie uma camada de 3 mm de poliamida para suportar as raizes das plantas . Não há necessidade de qualquer tipo de solo.

Passo 4: Para regar suas plantas ao longo do topo da parede, coloque uma mangueira de irrigação com furos a cada 10 cm (gotejamento), alimentados por uma bomba que leva a água para a parte de cima da parede. As plantas receberão água três vezes por dia, durante dois ou três minutos no inverno, e até seis vezes por dia no verão. A quantidade de vezes que o sistema deve ser programado para irrigação vai depender das condições climáticas do local, ventos, temperatura, etc.

Passo 5 : Para informações práticas e detalhes sobre como combinar suas plantas, Blanc recomenda o livro de Noémie Vialard “Jardinagem vertical: 24 Ideias Para Criar Suas Próprias Paredes Verdes” (WW Norton & Co.).

Quais são as vantagens de um projeto vertical em relação ao horizontal? Um jardim vertical é como uma vitrine, um outdoor, onde todas as plantas ficam bem mais visíveis. É bem diferente pois não tem a perspectiva horizontal. Produz um  efeito psicológico positivo, uma parede simples pode se tornar algo poético.

patrickdoisMais da metade da humanidade vive em cidades, o que é um fenômeno relativamente novo. As áreas verdes nas cidades estão cada vez mais escassas. Jardins verticais podem proporcionar um oásis de bem estar. Com o crescente alarme sobre a mudança climática e o desmatamento evocar a natureza está se tornando algo sagrado.

Blanc inaugurou um novo projeto vertical cobrindo 2.700 metros quadrados de uma parede de 82metros de altura com 236 tipos diferentes de plantas. A parede planta é projetada em um padrão deonda verde em uma esquina antes monótona voltada para o sul de Paris. Os  projetos verticais de Blanc são um hino à biodiversidade e uma revelação. Trazem uma reflexão sobre qualidade de vida e integração em um mundo em que a poluição cresce a cada dia com os rumos tomados pela civilização.

O custo de um projeto vertical feito por Patrick Blanc é cerca de US $ 65 por metro quadrado. Muitas pessoas inspiradas em todo o mundo têm encontrado maneiras de executar seus jardins nas paredes urbanas, gastando um pouco menos e usando espécies nativas mais adaptadas a cada região.  Ainda assim, é fácil imaginar como paredes verdes poderiam criar utopias urbanas em todo o mundo. O jardim de cobertura teve um renascimento urbano, em terraços de prédios em várias cidades do mundo, como New York e Chicago. Os projetos verticais são no mínimo inspiradores.

Via Ecovila da Montanha