Vivagreen

Orgânicos

Por que os alimentos orgânicos fazem tanto sucesso?

16 de setembro, 2015

Com a população cada vez mais conscientizada, o consumo de alimentos orgânicos não para de crescer – e o planeta agradece.
Ajudar a salvar o planeta é mais fácil do que você imagina. Pode até ser meio clichê, mas sim, se todos tomarem pequenas atitudes, a saúde da humanidade agora e até das próximas gerações pode melhorar. Nunca é tarde demais para começar a se preocupar com o bem estar da sociedade, e muitos estão descobrindo isso – e colocando em prática esses cuidados. Talvez seja por isso que esteja tão em voga falar sobre assuntos como o vegetarianismo, mobilidade social, emissão de gases, efeito estufa, alimentos orgânicos, etc.
 
Segundo dados de matéria do “O Globo”, a produção de alimentos orgânicos no Brasil cresceu mais de 20% em 2013 em comparação com o ano anterior. Esse número é só uma das provas sobre como o brasileiro está cada vez mais consciente de que precisa cuidar do meio ambiente ao mesmo tempo em que se alimenta melhor, deixando de lado os produtos com agrotóxicos e enlatados – mesmo que isso signifique pagar mais caro pelo que se come.
 
Segundo a engenheira agrônoma Carol Chab, para ser caracterizado como orgânico, o produto precisa englobar cinco práticas, que são ressaltadas pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA): “é preciso que o solo seja enriquecido naturalmente, sem receber agrotóxicos, pesticidas ou adubos químicos; que não sejam utilizadas sementes transgênicas; que, se tratando de animais, eles sejam criados livres, sem hormônios de crescimento ou anabolizantes; que os trabalhadores tenham seus direitos preservados; e que haja um cuidado com a disposição do lixo. Resumidamente, é preciso que os recursos naturais sejam manejados de forma harmoniosa, garantindo a saúde daqueles que consomem os produtos e também de todo o ambiente em questão”, pontua.
 
A especialista comenta que os produtos orgânicos, além de auxiliarem o meio ambiente, já que são isentos de qualquer tipo de adubo químico, pesticidas ou demais produtos tóxicos, eles favorecem o organismo, oferecendo alimentos mais naturais, saudáveis, e com maior quantidade de nutrientes, vitaminas, minerais, etc. “É claro que os produtos utilizados hoje em dia são muito melhores do que os que eram usados antigamente, fazendo com que o alimento consiga preservar boa parte de suas propriedades energéticas. Mas um alimento cultivado de forma natural continua sendo a melhor opção para a saúde – e para o meio ambiente”, explica Carol.
 
Não é a toa que muitas pessoas estão optando por pagar mais caro pelos alimentos. Alguns dizem até que o sabor muda quando trata-se de um alimento livre de agrotóxicos, enquanto outros não sentem essa mudança no paladar, mas acreditam no bem que o alimento pode fazer para o seu próprio organismo e para o mundo. “Muitas pessoas entendem que o agrotóxico desequilibra a cadeia alimentar, já que mata alguns bichos e polui o eco sistema. Talvez seja por esses motivos que está cada vez mais fácil encontrar alimentos orgânicos em mercados e que a procura por eles só aumenta”, conclui. E você, já faz parte daqueles que consomem comida orgânica? Se não, experimente!
SEGS

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts