Vivagreen

Notícias

Veja algumas empresas que praticam logística reversa

15 de junho, 2015

Após a instituição da PNRS, muitas empresas passaram a adotar iniciativas de logística reversa para garantir uso mais eficiente de seus produtos

A gestão inadequada do lixo é um dos maiores problemas enfrentados no Brasil. Com o aumento da população, do poder de consumo e, ainda, a mudança de hábitos da sociedade e falta de conscientização, verifica-se uma dificuldade ainda maior, já que as cidades não conseguem implantar, ordenar e gerenciar de modo sustentável os resíduos gerados.

Além de gerar inúmeros danos ambientais, o descarte incorreto compromete também a qualidade de vida da sociedade, já que resulta em um aumento na emissão de gases nocivos e no número de alagamentos e inundações, bem como contaminam o solo e poluem as águas superficiais e subterrâneas. Para reverter a situação, em 2010, foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que definiu os princípios, objetivos e instrumentos, bem como diretrizes, relativas à gestão e ao gerenciamento de resíduos sólidos, incluídos os perigosos, em âmbito nacional.

Dentre as definições e diretrizes está a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. Ou seja, a lei insiste que as empresas devem assumir a obrigação pelo retorno de seus produtos descartados e cuidar da destinação adequada, ao final de seu ciclo de vida útil.

Nesse processo, conhecido como logística reversa, os fabricantes de um determinado produto têm que prever como será a devolução e a reciclagem. É preciso garantir a destinação ambiental adequada, especialmente dos que poderão retornar o ciclo produtivo. Em sintonia com a legislação, algumas companhias já implementaram o processo. Confira:

Apple

Uma das maiores companhias de tecnologia do mundo implementou uma iniciativa de logística reserva que deve garantir a venda de mais produtos novos. Os clientes da empresa podem levar seus iPhones antigos para serem avaliados por funcionários especialistas em qualquer uma de suas lojas nos Estados Unidos – o trabalho deve ser expandido para o resto do mundo. Depois de avaliado o cliente recebe então o valor do aparelho em forma de crédito para comprar qualquer produto na loja Apple. Os aparelhos antigos serão encaminhados então para o setor de reciclagem.

Hewlett-Packard (HP)

A empresa fornece um serviço ao cliente que permite a solicitação da retirada gratuita de produtos da marca. Basta acessar o site! O serviço está disponível também para os itens de impressão, como os cartuchos, que podem ser depositados em locais específicos, chamados de ecobins, espalhados pelas HP Stores, lojas da Kalunga e Saraiva.  Os cartuchos são reciclados por uma central com capacidade para receber mais de 1,2 milhão de unidades ao ano.

Philips

A companhia equipou quase 100 assistências em todo o território nacional com displays coletores de Pilhas e Baterias portáteis, próprios para evitar vazamentos. As pilhas e baterias recolhidas são encaminhadas a uma destinação ambientalmente adequada.

Fonte: Pensamento Verde

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts