Vivagreen

Notícias

PNUD profundamente envolvido em agenda visionária para o desenvolvimento sustentável

11 de setembro, 2015

Administradora do PNUD destaca a importância do desenvolvimento baseado na resiliência e na sustentabilidade.

Os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) orientarão o desenvolvimento global por uma geração depois de serem formalmente adotados pelos Chefes de Estado e de Governo no final deste mês, afirmou a administradora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Helen Clark, ao conselho da Organização na Sede da ONU.

Os ODS são “um conjunto de acordos fortes, ambiciosos e visionários, com a erradicação da pobreza identificada como a tarefa mais urgente no âmbito da agenda mais ampla para o desenvolvimento sustentável”, disse Helen Clark, ao dirigir-se ao Conselho Executivo, reunido de 30 de agosto a 4 de setembro.
“O PNUD está profundamente envolvido em todos os processos em torno da implantação dos ODS”, acrescentou, e “estamos trazendo nossa extensa experiência em programas para apoiar os países a empreenderem seus esforços nacionais pelos ODS.
Espera-se que todos os 193 Estados-membros da ONU adotem os ODS na Cúpula de Desenvolvimento Sustentável a se realizar entre os dias 25 e 27 de setembro. Os ODS são uma chamada global para a ação para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir que todos os seres humanos desfrutem de paz e prosperidade, não deixando ninguém para trás. Além disso, espera-se também um acordo sobre a mudança global do clima na Conferência sobre a Mudança Global do Clima, em Paris, a COP21, em dezembro.
Helen Clark ilustrou a urgência dessa visão ambiciosa, ao lembrar as várias crises em curso mundo afora. Seja a resposta após o terremoto no Nepal, o conflito em curso na Síria, as inundações em Mianmar, o processo eleitoral crítico em andamento no Haiti ou o surto de Ebola na África Ocidental, a necessidade de desenvolvimento sustentável baseado na resiliência é constante e fundamental. Para atender a essa necessidade, o PNUD tem seu foco na construção de uma instituição aberta e inovadora, construída com base no conhecimento, que apoie os países em desenvolvimento com assessoria política de alta qualidade e operações eficazes e eficientes.
“Ansiamos pelo apoio do Conselho neste momento de muitas crises que requerem nossa resposta e de novas agendas globais, que exigem nosso apoio em sua implementação”, concluiu Helen Clark.
O Conselho Executivo do PNUD é composto por representantes de 36 países, que atuam de forma rotativa. Por meio de seu Escritório, integrado de representantes dos cinco grupos regionais, o Conselho supervisiona e apoia as atividades do PNUD, o Escritório das Nações Unidas para Serviços de Projetos (UNOPS) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), garantindo que essas organizações continuem aptas a responder às necessidades em evolução dos programas nacionais.
https://youtu.be/LgahuJlegl8
PNUD

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts