Vivagreen

Energia

Casa Ecoeficiente da BASF é reinaugurada em São Paulo

24 de julho, 2015

Projeto apresenta soluções inovadoras e sustentáveis para a construção civil. A renovação do espaço inclui tendência de cores, decoração e automação completa.

Está reaberta para visitação a CasaE, Casa Ecoeficiente da BASF, que passou por uma ampla renovação. O espaço serve como catálogo vivo para profissionais e estudantes que se interessam por inovações e tendências ligadas à indústria da construção, com foco em eficiência, produtividade e sustentabilidade.

Totalmente repaginada, com ambientes modernos e móveis de design contemporâneo, a CasaE está mais aconchegante. O objetivo é apresentar tecnologias que tragam conforto térmico e acústico, sustentabilidade, maior durabilidade e aumento na produtividade da obra, com economia de tempo e recursos.

Comparada a uma casa tradicional, ao longo de 40 anos, a CasaE proporciona uma economia de 30% do investimento, contabilizando custos iniciais, de operação e de manutenção; economia de energia equivalente ao consumido por 9 mil casas durante um dia; e economia de 300 mil litros de água, que corresponde ao abastecimento de mais de 1,6 mil habitantes por ano, segundo estudo realizado pela Fundação Espaço Eco.

Na CasaE foram aplicadas 36 soluções desenvolvidas pela BASF, que proporcionam uma obra mais rápida, com menor consumo de água, eficiência energética, importante redução na emissão de CO2 e de resíduos de construção, além de assegurar maior vida útil.

CBvista-aerea- CBPaisagismo CBDetalhe-Basotect CBexterna

Por exemplo, há microcápsulas aplicadas no dry wall que reduzem em até 1/3 o uso do ar condicionado; placas de poliuretano expandido que garantem até 40% de economia de energia, aditivo para o preparo do concreto que diminui em 40% o consumo de água e reduz a emissão de gases, pigmentos especiais que atuam no controle da temperatura, e até mesmo o sistema construtivo, em blocos de poliestireno expandido com grafite, que proporcionam isolamento térmico 20% superior ao EPS comum. A casa possui geração própria de energia e está preparada para devolver o excedente para a rede pública, além de contar com pisos drenantes com 87% de permeabilidade, que recolhem a água da chuva para reutilização.

“Por meio da CasaE conseguimos tangibilizar a química e mostrar o impacto positivo que produtos inovadores pode trazer para a sociedade. Também vamos aproveitar o espaço como um centro de competência, para treinar profissionais para utilização de tecnologias da BASF e dos parceiros”, afirma Marco Carboni, diretor da Estratégia para Indústria da Construção da BASF.

Para valorizar a arte urbana, já que está inserido em uma metrópole, o imóvel recebeu um mural de 75 m2, produzido pelo artista plástico Rui Amaral, pioneiro do grafite no Brasil. “A transformação moveu o trabalho: a ciência, a tecnologia, a química, usadas para o bem estar das pessoas, das famílias, para a preservação do meio-ambiente, a busca pela sustentabilidade”, explica Rui.

Automação e interatividade

Uma das principais novidades da nova fase é a automação residencial, que vai contribuir com a eficiência energética, por permitir o controle adequado do uso da iluminação e do ar condicionado. Haverá ainda monitoramento com a medição, não só do consumo, como também da geração de energia pelas placas fotovoltaicas. As informações ficarão disponíveis em tempo real no site da CasaE.

Foi instalada a motorização de cortinas, automação de iluminação e de climatizadores, sensores de ocupação que garantem níveis adequados de iluminação e temperatura, controles acionados por smartphone ou tablet, câmeras de monitoramento via IP, além de facilidades como sistema de aspiração a vácuo.

Painéis eletrônicos, telas touch screen com conteúdo interativo, sistema multiroom de áudio e vídeo e ambientação sonora vão tornar a visita ainda mais atraente. Esses equipamentos poderão ser sincronizados nos vários ambientes para atender eventos e apresentações em maior escala.

Além da visitação, monitorada e gratuita, a CasaE recebe palestras, debates, cursos, treinamentos entre outros eventos voltados à construção.

Ao todo, 29 empresas contribuíram com o projeto, oferecendo produtos em sintonia com a proposta de inovação e sustentabilidade da CasaE: Acenda (luminotécnica), Atlas Schindler (elevador), Aubicon (Playground), Aureside (automação residencial), BOSCH (aquecimento solar e ferramentas de medição), Daikin (ar condicionado), Deca (louças e metais), Edificios Inteligentes (sistema áudio e vídeo), Fineflex (persianas e cortinas), GER Consult (arquitetura e gerenciamento da obra), Gerdau (estruturas metálicas), Guardian (vidros especiais), Isoeste (painéis isotérmicos), Knauf (dry wall com micronal), Leicht (cozinha planejada), MaxxiGold (motores para automação), Nespresso (café), OWA (forros acústicos Basotect), Philips (luminárias), Projetelas (telas de projeção), Redimax (Placas fotovoltaicas), Starrett (brindes), Tecmar (toldos), Tigre (tubulações e grelhas), Tora Brasil (móveis), Trasix (Gerenciamento de Resíduos Orgânicos), Veka (esquadrias em PVC), Vitra (móveis) e Whrilpool (eletrodomésticos).

Sobre a CasaE

A CasaE é a primeira Casa Ecoeficiente da BASF no Brasil e a 10ª unidade da empresa no mundo. O projeto recebeu soluções inovadoras desenvolvidas pela BASF e pelos parceiros, com o objetivo de reduzir o consumo de energia, a emissão de CO2 e o consumo de água, assim como aumentar a eficiência no processo construtivo.

A BASF tem entre seus pilares a construção sustentável e oferece soluções voltadas à ecoeficiência, além de materiais de alto desempenho, design e decoração. Estão aplicados na CasaE plásticos, poliuretano, produtos químicos para construção, tintas, vernizes e pigmentos de última geração. O projeto recebeu a certificação LEED-NC Gold, Leadership in Energy and Environmental Design, concedida a novas construções pelo Green Building Council.

Ao todo 29 parceiros contribuíram com produtos e tecnologias que estão alinhadas à temática da ecoeficiência: Vitra, Aureside, Edificios Inteligentes, Tora Brasil, Gerconsult, Veka, Daikin, Atlas Schindler, Isoeste, BOSCH, Acenda, OWA, Redimax, MaxxiGold, Fineflex, Tecmar, Projetelas, Philips, Nespresso, Gerdau, Trasix, Starrett, Aubicon, Deca, Whirlpool, Tigre, Guardian, Knauf e Leicht. www.casae.basf.com.br

Como visitar:
Para conhecer a residência de 400m2, que fica na zona Sul de São Paulo, basta fazer inscrição pelo site www.casae.basf.com.br ou e-mail casae@basf.com.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Basf

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts