Vivagreen

Blog

Geladeiras Solidarias, para evitar o desperdício de comida.

14 de agosto, 2015

Em Basque, um restaurante situado nas colinas verdes fora da cidade de Bilbao, o chefe Itziar Eguileor, caminha numa direção oposta às lixeiras.

“Tudo isso iria para o lixo”, ela diz, arrastando uma panela cheia alcachofras cozidas. “Mas agora, essas alcachofras, nós empacotamos em embalagens, colocamos no nosso velho Land Rover e levamos todos eles para a Geladeira Solidária”.

Entregadoras como Eguileor vão diversas vezes por dia nas Geladeiras Solidárias, um pioneiro no projeto em Basque cidade de Galdakao, população de aproximadamente 30,000. O objetivo é evitar o desperdício de alimentos em perfeito estado. Em Abril, a cidade estabeleceu a primeira Geladeira da Espanha. Está localizada na calçada da cidade, com uma pequena cerca em volta, para que ninguém a confunda com um utensílio abandonado. Qualquer pessoa pode depositar o alimento, ou usar para si mesmo.

Essa cruzada contra o desperdício de alimentos é uma iniciativa de Alvaro Saiz, que administrava um banco de alimentos para pobres em Galdakao.

“A ideia para a Geladeira Solidária começou com a crise econômica e a indignação disso. Isso que me fez pensar sobre a quantidade de comida que jogamos fora,” Saiz disse ao NPR pelo Skype da Mongólia, onde ele se mudou para o seu próximo projeto, vivendo em uma tenda e construindo um hospital para crianças portadoras de deficiência.

Saiz disse que ele estava intrigado lendo sobre um projeto na Alemanha em que as pessoas podem usar a internet para publicar notícias sobre comidas extras e outras pessoas podem pedir.

Mas Saiz queria algo mais “low-tech” na sua cidade de Galdakao – algo acessível para seus vizinhos idosos que não utilizam a Internet. Então ele foi ao prefeito com essa ideia da Geladeira Solidária.

Quando ele veio para a prefeitura com essa ideia, eu achei que era brilhante e loucura ao mesmo tempo. Como eu poderia dizer não?” Disse o prefeito Ibon Uribe. “Nós aprovamos um pequeno orçamento de 5,000 euros (19,000 reais) imediatamente para pagar a Geladeira e um estudo de saúde inicial, e também a eletricidade e manutenção. E garantimos que essa Geladeira tivesse um estatuto jurídico independente, de modo que a cidade não pudesse ser processada se alguém ficasse doente.”

Itziar Eguileor (esquerda), chefe do Restaurante Berrio, posa com o resto da equipe no restaurante em Galdakao. A equipe jogava fora grande quantidade de alimentos todas as noites, mas agora eles deixam na Geladeira Solidaria, que foi feita para reduzir o desperdício de comida.

Itziar Eguileor (esquerda), chefe do Restaurante Berrio, posa com o resto da equipe no restaurante em Galdakao. A equipe jogava fora grande quantidade de alimentos todas as noites, mas agora eles deixam na Geladeira Solidária, que foi feita para reduzir o desperdício de comida.

Essas são as regras: nenhuma carne crua, peixes ou ovos. Comidas caseiras devem ser identificadas com data e removidas após quatro dias. Mas Javier Goikoetxea, um dos voluntários que limpam a geladeira, disse que nada fica até esse prazo.

“Restaurantes deixam suas sobras a noite – e elas já se foram pela manhã seguinte.” ele disse.

“Nós temos até idosas que cozinham especialmente para a geladeira. E depois dos churrascos do final de semana, você vai encontra-lo abastecido com costelas e salsichas.

Quando o NPR visitou na segunda, a geladeira abastecida com vegetais frescos – tomates, pepinos e abobrinhas – de uma horta comunitária local, junto com caixas fechadas de leite, frascos de lentilhas e comida para bebê. Tinha também “tapas espanholas” (pintxos) embrulhadas no plástico e identificadas com a data de um bar da região.

Os pintxos estava especialmente apetitosos para Issam Massaoudi, um imigrante desempregado marroquino que parou para verificar a Geladeira Solidária.

“Sinceramente, é maravilhoso,” diz Massaoudi, muito satisfeito com os pintxos. “Quando o dinheiro está curto, ter a possibilidade de vir aqui abrir essa geladeira e encontrar algo muito bom para comer – pão, tomates, vegetais, carne – é incrível.”

Galdakao Mayor Ibon Uribe (esquerda) e o voluntário Javier Goikoetxea posam na frente da Geladeira Solidaria, primeira geladeira comum da Espanha, compartilhada pelos cidadões de Galdakao, cidade próxima a Bilbao.

Galdakao Mayor Ibon Uribe (esquerda) e o voluntário Javier Goikoetxea posam na frente da Geladeira Solidária, primeira geladeira comum da Espanha, compartilhada pelos cidadões de Galdakao, cidade próxima a Bilbao.

Talvez a Geladeira Solidaria seja o legado da crise econômica da Espanha, quando a falta de recursos se tornou algo sério. Mas em Galdakao, a taxa de desemprego era aproximadamente 13% – quase metade do resto da Espanha. O prosperidade da região de Basque é bem robusta, poucos moradores passaram fome.

A cidade de Basque tem uma relação especial com a comida, disse Uribe. A região é conhecida por sua gastronomia, especialmente nas cidades próximas como Bilbao e San Sebastian.

Aqui, a comida é muito especial – é como se fosse venerada. Nós temos uma das concentrações mais alta de restaurantes indicados no Michelin per capita do mundo.” disse Uribe. “Então nos valorizamos uma boa comida, e não desperdiçar. É parte da nossa cultura, e a Geladeira Solidária é a prova disso.”

E a ideia está pegando. Outra Geladeira Solidária está sendo instalada em Murcia, uma cidade Mediterranea na costa da Espanha. E as escolas elementares estão organizando viagens de campo para a Geladeira Solidária original em Galdakao para ensinar as crianças como diminuir o desperdício e compartilhar alimentos.

A ideia é bastante simples e parece dar bastante resultado. Que tal propor isso para nossos representantes? Podemos ajudar muitas pessoas e diminuir drasticamente o desperdício de comida no nosso pais também!

Notícias original : NPR
Imagens de Lauren Frayer.
Tradução: F.Rodrigues – Vivagreen

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts