Vivagreen

Água

Reuso de Águas Cinzas

07 de agosto, 2015

Águas cinzas e o desenvolvimento sustentável

A Organização Mundial da Saúde – OMS e a Organização das Nações Unidas – ONU entre outras instituições vêm alertando para o fato de que em algumas décadas a água doce será o recurso natural mais escasso e disputado pela maioria dos países. Dados da Associação dos Fabricantes de Materiais Sanitários – ASFAMAS informam que o brasileiro gasta, em média, cinco vezes mais água do que o volume indicado como suficiente pela Organização Mundial de Saúde que recomenda o consumo diário de 40 litros diários por pessoa, enquanto que no Brasil são consumidos 200 litros dia/pessoa.

Nesse contexto, surge o conceito de “água cinza”, que nada mais é do que a água que foi utilizada na máquina de lavar, na pia, na banheira ou no chuveiro. Correspondendo de 50 a 80% da água usada que vai para o esgoto, a água cinza possui diversas aplicações: irrigação de terrenos, lavagem de pisos e janelas, uso no vaso sanitário, dentre outras.

Reuso Aguas Cinzas(1)

Por possuir inúmeros aspectos positivos, a utilização da água cinza vem sendo discutida por vários setores da sociedade e já é praticada por alguns. Segundo o engenheiro Alexandre Santos, um condomínio que adote tal processo possui o grande benefício de usar essa água de reuso para fins não potáveis, conseguindo economia e ajudando de maneira muito significativa o meio ambiente. “Esse volume de aproximadamente 40.000 litros que eles não compram, ou você atende a outros locais que ainda não têm essa água ou deixa de retirar essa água do manancial. Além disso, esse esgoto que está sendo tratado está deixando de ir para uma estação de tratamento (redução de custos) e para os mares”.

Diante destas vantagens, muitas cidades vêm destacando a importância doProjeto de Lei Municipal Nº 175/05, onde são descritas medidas que induzem à conservação e uso racional da água, além da utilização de fontes alternativas para a captação da mesma. O projeto foi escolhido pelo prêmio Greenvana Greenbest 2012 como as dez melhores iniciativas públicas de 2011 voltadas para sustentabilidade no Brasil.

Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, é a mais nova cidade do país a tornar obrigatória a reutilização das águas cinzas das construções. A nova regra já está em vigor e estabelece que as águas cinzas devem ser coletadas, tratadas e reutilizadas. “A ideia é tão boa que antes da lei ser aprovada cinco prédios da cidade já possuíam o sistema”, conta o repórter André Trigueiro do programa Cidades e Soluções da Globo News (link da reportagem).

A diminuição na conta d’água em locais que contam com o método chega a 60%, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Guida: “A boa notícia é que muitas empresas tradicionais de Niterói decidiram aplicar os conceitos da lei mesmo tendo seus projetos previamente aprovados e naturalmente desobrigados de cumprir a legislação de reuso de águas cinzas”. Os moradores reconhecem que tal prática contribui no desenvolvimento econômico, gera um benefício social para a comunidade e ainda reduz o impacto ambiental.


Para mais informações:

 Nova lei de Niterói torna o reaproveitamento de água obrigatório em prédios (reportagem da Globo News) – http://g1.globo.com/globo-news/cidades-e-solucoes/videos

– Blog “Verde de verdade – Fernando Guida” – http://guidapv.wordpress.com/

– Detalhes técnicos: pr.areuso@gmail.com (Engenheiro Paulo Roberto, detentor da patente do processo que ensejou a Lei em Niterói)

Os comentários estão desativados.

Tweets

Vivagreen @Vivagreen1
Como funciona o processo de logística reversa de eletrônicos? #logistica #reciclar / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
Oficina de Fitoterapia e Saúde Natural no Sítio Pau d'Água https://t.co/q3855o5IEI #saudenatural #organico / via @Vivagreen1
h J R
Vivagreen @Vivagreen1
BRASIL É O 4º NO MUNDO EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS https://t.co/d8VDQ9vaWa via @Vivagreen1
h J R

Principais posts