mall-eldorado-4

Você já parou para pensar na quantidade de resíduos orgânicos gerada pela praça de alimentação de um shopping center? Grande parte destes centros comerciais envia estes resíduos a aterros sanitários, porém, esta nem sempre é a opção mais adequada em termos ecológicos. 

Pensando nisso, em 2012 o Shopping Eldorado, em São paulo, decidiu implementar uma composteira em sua cobertura, oferecendo um destino mais adequado aos mais de 400 quilogramas de resíduos orgânicos gerados em sua praça de alimentação. 

O chamado “Telhado Verde” permitiu ao shopping transformar grande parte dos dejetos em fertilizante, que é aplicado em uma horta orgânica. A partir dos restos de mais de 10 mil refeições servidas todos os dias no shopping, são produzidas quatorze toneladas de fertilizantes ao mês. 

Nesta horta cultiva-se berinjela, cebola, pimentão, cebola, gengibre, tomate, lavanda, erva-cidreira, hortelã e muitos outros vegetais e hortaliças completamente livres de pesticidas; produção que é usada na cozinha dos próprios restaurantes do shopping. Além disso, nos dias de colheita os funcionários podem subir na cobertura do shopping e levar gratuitamente os vegetais para casa. 

Segundo Sérgio Nagai, um dos idealizadores da iniciativa, “já plantamos e colhemos 25 kg de feijão, com os quais se fez uma feijoada para 400 empregados em 2013, a ideia é continuar assim.”

A horta também ajuda a diminuir a temperatura interna do shopping, reduzindo o consumo de energia com ar-condicionado. Além disso, a cobertura verde reutiliza os mais de 100 mil litros de água usada pelos motores dos equipamentos de climatização na rega das horta e redireciona a água da chuva para os banheiros do shopping. 

Com este projeto, o shopping center reaproveita 25% de seus dejetos mensais. Porém, a administração pretende ir além: o objetivo é deixar de enviar resídios ao aterro sanitário até o ano de 2017. 

© Shopping Eldorado

© Shopping Eldorado

Segundo Marcio Glasberg, gerente de operações do shopping, “toda grande empresa deve ter esta preocupação com a sustentabilidade. Além da participação de nossos funcionários, o projeto é bom por razões econômicas. Desde que fizemos o teto verde, reduzimos nosso consumo de energia e também a quantidade de resíduos, o que também diminui nossos gastos.” No total, a medida permite economizar por mês cerca de 12 mil reais.

Ano passado a iniciativa ganhou o prêmio de sustentabilidade da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) e o prêmio de Grande Empresa da Federação de Comércio de São Paulo. Além disso, o Eldorado anunciou que a partir deste ano sua cobertura passará a ter 9.500 metros quadrados de hortas (um aumento de 3.500 m² em relação a 2015).

Referências: Shopping EldoradoO Globo e Veja SP.

Archidaily

Deixe uma resposta