1934049_1645452572388505_8433053909011732739_n

A agroecologia não é um conceito fechado.

Trata-se de um conjunto de práticas que buscam reverter as consequências do modelo destrutivo de agricultura adotado nas últimas décadas pela sociedade.

Por que não resgatar conhecimentos dos nossos antepassados, em conjunto com novas tecnologias, para criar um sistema mais harmônico entre o ser humano e a natureza (já que boa parte de nós se esquece de que também somos natureza)?

A grande sacada da agroecologia é ir muito além do aumento de produção, mas também manusear estrategicamente os recursos naturais necessários, como o solo, a água, os animais, as plantas e o ar para que esses continuem preservados daqui pra frente.

Além da valorização da cultura e sabedoria popular, é indispensável a relação mais próxima entre consumidor e produtor para que exista a admiração e o reconhecimento de ambas as partes.

É o caminho para um futuro com qualidade de vida para todas as partes, garantindo vida para as próximas gerações.

E porque ainda não extinguimos o modelo exploratório e migramos pra agroecologia?
Por muuuitos fatores que eu poderia passar o dia escrevendo.
 .
Mas a boa notícia é que podemos incentivar essa forma mais justa de lidar com a terra simplesmente prestando mais atenção ao nosso próprio consumo.
 .
Compre alimentos em feiras orgânicas, conheça os produtores, prefira frutas e verduras da estação, se junte com seus amigos e crie grupos de consumo consciente.
 .
Consumir é um ato político.
 .
Essa linda estufa de morangos fica no Centro Paranaense de Referência em Agroecologia, pertinho de Curitiba, em Pinhais.
O Centro é um espaço de estudos e práticas focados no bem-estar de todos os seres vivos.
 .
Tem como missão comunicar, promover e apoiar ações de capacitação, pesquisa, ensino e articulação entre pessoas e organizações, voltadas à produção agropecuária e ao consumo sustentáveis, baseados nos preceitos da agroecologia.
.
PS: a estrutura é de bambu para reaproveitar os recursos presentes nas redondezas, diminuindo o custo, a logística e promovendo a autonomia do agricultor. Legal, não?
 .
Header_Viva+Folhinhas

Deixe uma resposta