Kids

As Fraldas de Pano já não são mais as mesmas do tempo da Vovó

Kit_Destaque

Quando meu filho nasceu, há 3 anos atrás, uma coisa que me preocupava muito era o uso das fraldas, pois tinha uma leve noção (bem leve mesmo, na época as tarefas com o recém nascido me permitiam pouco tempo) dos males que as fraldas descartáveis causam ao meio ambiente. Bem, agora eu pesquisei e fiquei realmente abismada! Vejam os dados:

– uma criança utiliza 5.500 fraldas durante os primeiros dois anos de vida;

– fraldas levam em média 450 anos em sua decomposição, nos lixões;

– conta-se 5 árvores abatidas para 5.500 fraldas descartáveis;

– em média, 2% do lixo recolhido correspondem à fraldas descartáveis (ex.: o município de SP produz 13.000 toneladas diárias de lixo = 260 toneladas diárias de fraldas descartáveis);

– um bilhão de árvores são usadas, no mundo inteiro, por ano, para suprir a indústria de fraldas;

– no processo de branqueamento da polpa de madeira para fabricação do papel, (sendo que este também é utilizado nas fraldas), há liberação de dioxinas nocivas ao meio ambiente..

Pois bem, o fato é que na época em que me tornei mãe, o Brasil ainda não oferecia alternativas viáveis para a tal fralda descartável. As opções por aqui eram: ou usa a descartáveis, ou treina seu bebê para fazer no vaso (sim, há disso! Recém nascidos que nunca usam fraldas, uma técnica que ensina os pais a “prestar atenção” ao ritmo dos bebês e levá-los ao bacio para fazer suas necessidades, a técnica chama Elimination Comunication – achei radical demais pra mim, mas se você se interessou, coloquei um link no final do post. Lá você pode ler mais sobre isso e, quem sabe você é mais forte do que eu e consegue!) ou então usar a velha fralda de pano que a Vovó usava – siiiim, aquela em formato quadradinho, que você dobra numa técnica quase de origami, embrulhando a criança e finaliza com um grande alfinete. Não, né?! Cuidar de um recém nascido já dá um trabalhão, ainda mais se você está longe da família toda e não pode contar com ninguém pra descansar só um pouquinho, imagina ter que lavar, higienizar, branquear e passar quilos de fraldas de pano?… Cansei só de escrever. Sem falar que hoje em dia são poucos os privilegiados que tem quintal pra poder “quarar” e estender aquela linha compriiiida e brancas de fraldas.

As Fraldas de Pano dos meus sonhos só lá fora e nenhum fabricante ou loja entregava por aqui.

Novidade boa, muito boa para as novas mamães e, ainda melhor para o meio ambiente: já existem fabricantes brasileiros das moderníssimas fraldas de pano! A-há – capinhas bonitinhas, forro absorvente e lavável na máquina! Quer mais? Ainda tem uma facilidade chamada de liner (se lê láiner) que se usa entre o corpinho do bebê e a fralda, assim o cocô não entra em contato com a capa ou com o forro absorvente, evitando manchas e minimiza o envolvimento com o tal do número 2. Pra completar os liners são biodegradáveis, podendo ir diretamente para o lixo comum. São vendidas normalmente em rolos de 50 ou 100 unidades.

Liner_Bambu

O preço do “kit” assusta o assim de início, mas se levar em conta que as fraldas de pano serão usadas desde o recém nascido até o desfralde, compensa muito. Cálculo rápido: se, de acordo com as estatísticas, um bebê usa 5.500 fraldas até os 2 anos de idade e uma fralda boa custa em média R$ 0,80 a unidade, você vai gastar aproximadamente R$4.400,00 com fraldas descartáveis. Já com as novas de pano o investimento dificilmente chegará aos R$1.000,00. Já é uma economia!

Repara que esta é a mesma fralda, o que muda é o ajuste dos botões, transformando em P, M ou G

Repara que esta é a mesma fralda, o que muda é o ajuste dos botões, transformando em P, M ou G

 

Encontrei por aqui dois fabricantes bem interessantes: a Dipano e a Morada da Floresta. Ambos são de São Paulo, mas entregam para todo o Brasil através das lojas virtuais. Adotar de hoje temos muitas outras opções de fabricantes, estes dois realmente me cativaram por alguns motivos: tem muuuuuuita informação no site – o que, ao meu ver, é essencial para quem está iniciando no mundo de pano, eles vendem os kits completos – capa, recheio absorvente, liner, kit noturno…, e oferecem vários modelos e estampas super lindinhas.

Kit_Meninos
Kit-Degustacao-Meninos---LP

Elas se diferenciam um pouco por sistema de uso: a Morada da Floresta oferece as capas – o forro absorvente fica em contato com a pele do bebê,  já a Dipano deixa esta opção para os pais: pode usar o forro absorvente encaixado na capa, como uma fronha, ou em contato com a pele do bebê.

 

Antivazamento_Capa

Essa é da Morada da Floresta, com a opção antivazamento (esse verdinho que é inserido dentro e adiciona as abas)

fralda_Dipano_detalhe

Essa é da DiPano Repara as duas maneiras de usar: na esquerda com o absorvente por dentro do bolsinho e na direita por cima, transformando assim em capa

 

Se eu fosse comprar um kit hoje, me sentiria mais segura com a Dipano, achei mais fácil encontrar as informações e as opções na loja virtual, tá tudo tão organizadinho que dá até vontade de precisar de fraldas denovo! Tem uns kits montados bacanérrimos com descontos de até 25%, as sacolas impermeáveis que servem para armazenar as fraldas após as trocas também são estampadas e combinam com as capas (coisa boba, mas que mãe AMA!), opção de capa com botão ou velcro, uma sessão outlet além de um FAQ completíssimo. Apaixonei!

 Kit_Meninas

Como prometido, quem quiser saber mais sobre a técnica Elimination Comunication, pode clicar aqui.

Se você tem experiência com as modernas fraldas de pano, conta pra gente! Você pode deixar um comentário aqui no post ou escrever pra mim (mariana@vivagreen.com.br). Seu depoimento pode ajudar muitos pais que ainda estão na dúvida.

Fontes:

Energia Eficiente

Dipano

Morada da Floresta

4 comentários

Deixe uma resposta