1-terminal3

O 11º maior aeroporto do mundo deve ganhar um terminal que promete uma espera de apenas 40 minutos

Projeto pretende criar novas experiências de viagem para os passageiros e se tornar o orgulho de todas as pessoas de Taiwan.

Com um volume de chegadas, partidas e conexões cada vez maiores, os aeroportos de todo o mundo têm se modernizado para melhor atender à demanda dos turistas. Mas, hoje em dia, é preciso muito mais do que a tecnologia de ponta, a televisão cheia de funções da aeronave, o serviço de alimentação do voo ou atendimento de primeira classe para impressionar.

A população mundial está cada vez mais exigente e não estamos falando em serviços. Atualmente, a preocupação gira em torno do impacto ambiental causado pelas ações das empresas e do que elas fazem para reverter os problemas.

Reprodução / Rogers Stirk Harbour and Partners

O resultado será uma arquitetura única e dinâmica.

Pensando nisso, Taiwan decidiu inovar completamente ao encontrar uma solução que promete agradar a todos e, ainda, colaborar para o meio ambiente. O novo terminal de aeroporto da ilha – o 11º maior do mundo –, vai oferecer uma infraestrutura com mais de mil árvores e um design que tornará mais fácil e agradável a longa espera entre o momento do check-in e a hora da decolagem do avião.

Meta é oferecer uma nova experiência aos passageiros

Para o projeto do novo terminal 3, a Roger Stirk Harbour and Partners (RSHP) se inspirou nas paisagens paradisíacas da ilha. O design sustentável permite que o turista caminhe por entre flores tropicais e jardins verticais.

A previsão é de que a construção aconteça em 2020 e que o aeroporto receba mais de 45 milhões de passageiros por ano. A infraestrutura, além de colaborar com o meio ambiente e com a qualidade do ar, vai reduzir os tempos de espera para apenas 40 minutos.

De acordo com a empresa, responsável por projetos sustentáveis em mais de 13 países, o terminal 3 do aeroporto vai criar uma experiência de viagem nova e única para os turistas.

Além da vegetação, com árvores, flores e imagens de praias e montanhas da região, e das lojas já comuns em aeroportos, a arquitetura mais maleável permitirá uma fluidez e a fácil adaptação de futuras funções e instalações sem comprometer a qualidade da viagem das pessoas.

Reprodução / Green Savers

Sua escala ajustável dará aos passageiros uma clareza espacial em todas as áreas, reduzindo o stress e melhorando o bem-estar e o conforto.

Pensamento Verde

Deixe uma resposta