gefco-suicajpg

A GEFCO, do setor de logística industrial, a BKW, especialista em energia e infraestruturas e a Energie du Jura, centro de competências para energia em Jura, inauguraram a maior central de energia solar sobre coberturas, em Courgenay, na Suíça. A produção da central representa metade dos objetivos do Cantão de Jura em termos de energias renováveis até 2021.

Uma central fotovoltaica com 43 000 m2

O projeto nasceu em 2015 da vontade demonstrada pela GEFCO Suíça em modernizar o seuestacionamento de automóveis de 78 000 m2. Trata-se de uma área que comporta até três mil veículos importados para o território suíço e, pela sua extensão, faz da central fotovoltaica sobre coberturas de Courgenay um projeto extraordinário pelas suas dimensões e capacidade.

A central é composta por 23 886 painéis fotovoltaicos. A área de 43 000 m2 é equivalente a quatro campos e meio de futebol. A capacidade instalada de 6,7 MWp faz das instalações fotovoltaicas de Courgenay a central sobre coberturas mais potente da Suíça, capaz de produzir anualmente 6,7 GWh de eletricidade, ou seja, o consumo anual de 1550 residências.

O projeto teve início no final de 2015 e foi baseado em três áreas distintas. A primeira fase (20% da central) foi concluída em março de 2016 e produz até 1,2 MWp de eletricidade. As outras duas áreas, operacionais desde agosto de 2016, produzem 3,2 MWp e 2,4 MWp, respetivamente.

Um projeto ambiental importante

Uma parte da energia produzida será utilizada diretamente no local para abastecer os automóveis elétricos importados pela GEFCO. O excedente será direcionado para a rede BKW e fornecido aos clientes através do produto “Energy Green”.

Desta forma, a produção da central de energia solar deverá ser certificada para satisfazer as necessidades cada vez maiores em termos de eletricidade de fontes renováveis.

Estamos satisfeitos por ver esse projeto se tornar uma realidade e sermos capazes de conseguir atingir os objetivos de produção de energia renovável do Cantão de Jura. Esta instalação é particularmente interessante, uma vez que valoriza uma área industrial que está ativa há muito tempo. É um bom exemplo para projetos futuros,” afirma David Faehndrich, Diretor da Energie du Jura.

A eletricidade produzida deve permitir poupanças de 2400 toneladas de CO2 por ano (com base na combinação energética exigida pela União Europeia até 2020). Os outros benefícios ambientais que a estrutura de coberturas instalada vai permitir são a recolha e reciclagem de águas pluviais.

A conceção e construção da central representam uma cooperação exemplar entre a BKW, a Energie du Jura e a GEFCO. No sentido de alcançar um duplo objetivo de excelência operacional e respeito pelo ambiente, em 2013, a GEFCO deu início a um processo de consultas com a Energie du Jura, responsável pela estratégia energética do cantão e ativamente empenhada em aumentar a parcela de energias renováveis na produção de energia local, conforme exigido pelo Plano de Transição Energética da Confederação Suíça para 2050.

Para a gestão técnica do projeto, os dois atores procuraram as competências do Grupo BKW, um especialista em energia e infraestruturas. “Estamos orgulhosos por participar neste projeto único. Este parque reflete as competências da BKW no domínio fotovoltaico assim como o seu próprio compromisso e o compromisso dos seus parceiros na transição energética,” diz Renato Sturani, Diretor de Atividades Renováveis e Eficiência na BKW.

Esta cooperação resultou num investimento conjunto de 12 milhões de francos suíços.

O desenvolvimento sustentável no coração do projeto

A central vai permitir à GEFCO Suíça reduzir o seu impacto ambiental de forma eficiente. Inscreve-se numa política de Responsabilidade Social Empresarial que é também expressa através da certificação das instalações da GEFCO Suíça com a norma ISO 14001, assim como através da instalação de bacias de águas pluviais na central solar. “A subsidiária suíça está orgulhosa do projeto que segue em linha com a política ambiental do Grupo. Gostaria de agradecer à BKW e à EDJ por estarem conosco, o que é muito importante para os nossos clientes e para nós,” afirma Denis Igert, Diretor da GEFCO Suíça.

O projeto reflete o compromisso da GEFCO em prol do meio ambiente, que é uma das nossas prioridades, juntamente com a satisfação dos nossos clientes e a excelência operacional. Esse exemplo será seguido por outras instalações do nosso Grupo,” comenta Luc Nadal, Diretor Executivo do Grupo GEFCO.

Através deste projeto, que é parte da estratégia energética da Confederação Suíça até 2050, o Grupo GEFCO, a BKW e a EDJ participam de forma efetiva na transição energética e no desenvolvimento sustentável.

Principais Características

A CENTRAL FOTOVOLTAICA DE COURGENAY EM NÚMEROS:12 MILHÕES DE FRANCOS SUÍÇOS

CONSTRUÇÃO EM 10 MESES

CAPACIDADE INSTALADA DE 6,7 MWP

23 886 PAINÉIS FOTOVOLTAICOS

CAPACIDADE DE PRODUÇÃO: 6,7 GWH/ANO, O CONSUMO MÉDIO DE 1500 LARES

ECONOMIA DE CO2 = 2400 TONELADAS/ANO A MENOS

530 PILARES E 1000 TONELADAS DE AÇO

 Via Revista Meio Ambiente

Um comentário

Deixe uma resposta