china-gasoline-car-ba-fran

Veto a produção e venda de veículos que usam combustíveis fósseis no maior mercado do mundo pode dar um impulso definitivo aos modelos elétricos.

A China estuda a possibilidade de proibir a produção e venda de veículos que usam combustíveis fósseis (gasolina e diesel), uma decisão que poderia revolucionar o setor a nível mundial e dar um impulso definitivo aos carros elétricos.

O anúncio do plano foi feito depois das decisões da França e da Grã-Bretanha de proibir as vendas de carros e caminhonetes deste tipo até 2040 para lutar contra as emissões poluentes.

Apesar de o governo de Pequim não ter divulgado datas concretas, as ações das montadoras chinesas registraram queda nesta segunda-feira (11) nas bolsas, enquanto os títulos da BYD, líder chinesa dos carros elétricos, fechou em alta de 4%.

O anúncio foi feito pelo vice-ministro da Indústria e de Tecnologias da Informação, Xin Guobin, que em um fórum organizado no fim de semana na cidade de Tianjin (norte) explicou que o ministério iniciou “estudos pertinentes” sobre a questão e está trabalhando em um calendário.

“Estas medidas fomentarão mudanças profundas no meio ambiente e devem estimular a indústria automobilística chinesa”, afirmou Xin ao canal estatal CCTV.

“As empresas deveriam se esforçar para melhorar o nível de economia de energia dos carros tradicionais e desenvolver vigorosamente veículos elétricos”, completou.

Imagem: Homem prepara recarga de carro elétrico em shopping de Pequim (Foto: AP Photo/Andy Wong)

Via  Auto Esporte

Deixe uma resposta