energy-observer

Energy Observer, um barco movido a energia renovável, vai fazer uma turnê mundial com 101 escalas por um período de seis anos – parecido com sua inspiração, o avião Solar Impulse, que recentemente completou sua jornada de volta ao mundo movido unicamente pelo sol .

As pessoas por trás do projeto são os franceses Victorien Erussard, um oficial da marinha mercante, e Jacques Delafosse, um documentarista e mergulhador profissional. Eles são apoiados pelo ambientalista francês Nicolas Hulot.

As fontes de energia do barco serão o sol, o vento e o hidrogênio autogerado. O projeto do Energy Observer foi desenvolvido em parceria com arquitetos navais do instituto de pesquisa CEA-Liten de Grenobe, na França. A embarcação deve ser equipada com uma variedade de sensores para transmitir dados sobre o uso de suas diferentes fontes de energia para o CEA-Liten.

Aumentando o comprimento do corpo do Energy Observer, Saint Malo, França, 2016
Aumentando o comprimento do corpo do Energy Observer, Saint Malo, França, 2016

.
O barco que foi escolhido para ser transformado no Energy Observer é um catamarã que foi o barco de navegação mais rápido a circunavegar o mundo em 1994.

A embarcação multicasco foi comprada por 500.000 euros e transportada para um estaleiro em Saint Malo, na França. Ela foi aumentada em seis metros e agora mede um total de 30,5 metros. O barco agora está aguardando para ser incrementado com turbinas eólicas, painéis solares e equipamentos de eletrólise que decompõem a água em oxigênio e gás hidrogênio.

Este sistema irá assegurar que o Energy Observer seja “o primeiro barco com um meio autônomo de produção de hidrogênio”, de acordo com Erussard. Os motores elétricos da embarcação serão alimentados por baterias que utilizarão energia solar e eólica durante o dia e hidrogênio armazenado, gerado pelo equipamento de eletrólise, durante a noite ou mau tempo.

Energy Observer – a viagem

A viagem planejada ainda precisa ser financiada, mas a equipe por trás do projeto Energy Observer está confiante de que eles terão sucesso para angariar os fundos necessários de 4,2 milhões de euros.

O catamarã em seu local de origem
O catamarã em seu local de origem
O Energy Observer em seu caminho para o estaleiro em Saint-Malo. Saint Malo, França, 31 de agosto de 2016
O Energy Observer em seu caminho para o estaleiro em Saint-Malo. Saint Malo, França,
31 de agosto de 2016
.
.
Saiba mais sobre o projeto – clique aqui
 .
.
Via Eatglobe