Blog

10 dicas de presentes conscientes de Natal pra quem quer fugir do óbvio

Por dezembro 10, 2015 Sem comentários
presente-910x202

Por Heliene Oliveira

Eu poderia escrever sobre maneiras para boicotar esta festa tão comercial que é o Natal. Se a gente for falar seriamente sobre consumo consciente é, mais ou menos isso, o que a intuição manda fazer. Porque, na real, o ideal é nem dar o start no consumo de um produto desnecessário. Se você não inicia o ciclo, não precisa se preocupar com o depois. Se você não compra uma coisa, essa coisa não vai circular por um tempo e depois ser jogada fora. Porque o “fora” não existe. Jogar fora é, simplesmente, deslocar o produto da sua vida para outro lugar. O que proporciona a confortável sensação de que um portal mágico irá sugar para outra dimensão. MAS, só porque um descarte saiu da sua casa, não significa que ele foi para este portal. Bom lembrar!

Eu também poderia escrever sobre experiências que a gente dá de presente sem ter que gastar R$1! Por exemplo, no natal da minha família, temos um esquema bem legal. Pra não ter essa pressão de presentear todo mundo, a gente faz um amigo secreto de experiências – ideia da minha prima Carol. O presente? Uma experiência que você escreveu em um papelzinho. Importante: quem tira o seu nome no amigo secreto, obrigatoriamente, tem que participar da experiência com você. Tem coisas hilárias. Na última vez que participei, tirei o meu primo Elmo. Sabe o que ele pediu de presente? Subir um morro, colher frutas silvestres e fazer uma compota de geléia com essas frutas. Eu ainda estou devendo, um dia eu “pago”. Mas, sem dúvida, nenhum presente físico marcaria assim a minha memória.

Mas eu também habito neste mundo, e também tenho que comprar presentes para as professoras dos meus filhos, para a minha irmã e para os meus filhos – apenas para citar algumas pessoas. Meus filhos já não acreditam em Papai Noel, mas estão muito novos para uma evangelização sobre consumo consciente. Pra mim, e pra todo mundo que eu conheço, o Natal costuma ser a época onde mesmo quem não gosta, tem que enfrentar as compras. Por isso, o desafio que me coloquei neste ano é o seguinte: refletir antes de comprar, dar mais espaço para o consumo consciente.

As possibilidades são:

1- Não comprar nada (algumas pessoas podem até se melindrar com isso, mas só estou categorizando) e fazer uma brincadeira como o amigo secreto da minha família, ou distribuir vales do tipo: jantar romântico, banho sem interrupção e noite ininterruptas de sono (artigos de luxo para as mães, por exemplo),

2- Comprar uma experiência (um passeio guiado em uma trilha, um workshop de algum assunto que você sabe que a pessoa ama, um ingresso para um show!)

3- Comprar um produto

Importante priorizar SEMPRE o pequeno ao invés do grande, o “feito aqui” ao invés do “made in China”. E usar o poder dos *seus* Reais para investir em produtos ou serviços de empresas que cuidam, de verdade, da responsabilidade social, ambiental e tratam de maneira justa quem trabalha pra eles e quem paga pelo o que eles produzem (nós!).

Pensando nisso, juntei aqui algumas dicas, fazendo uma combinação de experiências e produtos “made in Rio”, de uma galera que se preocupa com tudo o que falei aí acima. Quando você for fazer a sua lista, prioriza a marca daquele seu amigo (ou do amigo de um amigo) que está batalhando na vida de microempreendedor. Compra o que é feito perto do seu CEP!

Para me ajudar nesta missão, alistei a minha amiga Carol Herszenhut! Ela criou O Cluster em 2012, que começou como um marketplace super descolado, levando para o público um monte de microempreendedores cariocas que estavam fora do radar. Fomentando de maneira eficiente a cadeia criativa, ela foi a maior responsável por transformar Botafogo em “Botasoho”. Em 2016, a Carol vai lançar um guia com 100 Criativos cariocas (fiquem ligados!). Na lista das minhas dicas, tem vários criativos locais que aparecem no guia d’O Cluster.

Vamos começar com as sugestões. As dicas de presente são para quem mora no Rio mas, com certeza, você pode fazer o mesmo exercício na sua cidade:

1- Nascer do Sol no Morro dos Dois Irmãos – do Jungle Boy Brasil

O Alberto Melo começou a guiar turistas no Rio em 2012. E, às vezes (eu diria, muitas!), a gente tem que ser turista dentro da nossa própria cidade. Para presentear quem você gosta, sugiro a trilha que leva ao topo do Morro dos Dois Irmãos. Porque conquistar os 533 metros de altitude e chegar lá antes do sol nascer é um provilégio para poucos. A trilha tem 1.6 Km, dura  em média 45 minutos e tem um dos visuais mais incríveis do Rio.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.19.42

O Alberto vai fazer uma superpromoção para quem chegar via o Menos1Lixo. Quem fechar até o dia 23/12/2015, vai pagar apenas R$120. Para reservar, basta mandar um e-mail paraalbertomello@live.com. Para saber mais sobre outros roteiros: http://jungleboybrasil.com/pt

2-  Assinatura de Compostagem – do Ciclo Orgânico

Todo mundo já sabe que, em média, cada pessoa produz 1Kg de lixo por dia. Sendo que a maior parte deste lixo é matéria orgânica. Lucas Chiabi, estudante de engenharia ambiental da UFRJ, resolveu o problema de quem não se adaptou à caixinha de compostagem e de quem ainda nem tentou. Você, com certeza, tem alguém na lista de presenteados que se encaixa em uma categoria ou em outra.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.20.16

A proposta do Ciclo Orgânico é recolher (de bike!), semanalmente, o lixo orgânico que você acumula em um balde de 10L. A bike leva até a composteira. O que isso significa? Menos lixo no aterro, menos poluição. A recompensa é: no final do mês, o assinante do serviço tem direito a uma mudinha, ao composto ou a doar o seu composto para um agricultor parceiro.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.20.05

A taxa de matrícula, que cobre o custo do primeiro balde (10L), custa R$30. A mensalidade custa R$60. Para saber mais: http://cicloorganico.instapage.com ou contato@cicloorganico.com.br

3-  Investimento em uma Ação de Impacto + Brinde da Ação – da Benfeitoria

A Benfeitoria é um negócio social que desenvolve ferramentas para fomentar uma cultura mais colaborativa e realizadora no Brasil. Os projetos, que precisam de crowdfunding (uma espécie de vaquinha) para saírem do papel, são das mais variadas áreas: empreendedorismo, inovação, tecnologia, cultura, sustentabilidade, inclusão social, etc.

Captura de Tela 2015-12-04 às 19.11.05

Mas como isso pode se transformar em presente? Simples! E eu já testei. Você pode escolher um projeto com a cara da pessoa presenteada. Cada projeto que tenha a meta de investimento alcançada (fica de olho nisso, por favor), dá direito a algum presente super fofo. Por exemplo, no ano passado eu dei de aniversário para uma amiga um valor que eu investi para ajudar uma banda que tocava no metrô do Rio, que ela ama. Além da aposta no sonho dos caras que ela admira muito, ela ainda ganhou um brinde depois que a meta foi alcançada: uma aula de violão na casa dela, com um dos músicos da banda! Essa dica tem muito efeito “uau!”no seu presenteado, vai por mim!

Mais sobre: https://beta.benfeitoria.com/

4- Anel Conchita, da Myneral

Lançada em Setembro deste ano no mercado carioca, a Myneral é um estúdio de criação de joias handmade. Delicadeza define. A marca, criada pela jovem publicitária e ourives Laís da Silveira, é um sonho antigo. Em 2015, Laís tomou coragem de largar tudo e seguir a intuição, e o resultado foi uma coleção linda, a mar{efeito}, que tem feito o maior sucesso.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.20.30

Como sugestão para presentear neste natal, tem esse anel: o Conchita, por R$79. E muitas outras opções no site da marca: http://www.myneral.com.br/

5- Cesta de Orgânicos – do Sítio do Moinho

Uma cesta de orgânicos direto da Serra! É só ligar para lá e escolher o que você quer colocar na cesta. A produção é do Sítio do Moinho e de parceiros locais. Mas por que orgânicos? Porque as nossas escolhas tem um efeito transformador, e tá na hora de começar a decidir onde a gente deixa nossos Reais. Orgânico significa uma produção que não exaure o solo, não derruba e não esgota. A fauna e a flora são conservadas, as bordas dos rios são protegidas da erosão, a água que molha as plantas é limpa e, com isso, a saúde do produtor é preservada! Se inspirou?

6260832938_fbb52da964_o

Se você escolher a cesta para presentear, as entregas são feitas na Zona Sul, e na Zona Oeste – até Jacarepaguá. O custo da cesta é R$ 40 + taxa de entrega de R$ 15. Para encomendar: é só ligar no (24) 2291-9171 ou mandar um e-mail para regiane@sitiodomoinho.com

6- Terrários – do Gaia Atelier da Natureza

Conheci estes terrários na última edição d’O Cluster e fiquei apaixonada! Vamos combinar que as suculentas são como se fossem animaizinhos de estimação, só que plantas – o mesmo vale para terrários  Eu trouxe 2 pra casa, e super recomendo como presente de Natal. O design do terrário e a disposição das plantas e das pedrinhas é trabalho de quem faz com muito amor.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.20.40

Para comprar, é só acessar a lojinha virtual no: facebook.com/gaia.atelierdanatureza. Tem de todos os tamanhos e para qualquer bolso: a partir de R$30.

7- Kit de Óleo e Sabonete  – da Óleos do Brasil e Ervas do Quintal

A Óleos do Brasil e Ervas do Quintal foi criada pela carioca Debora Hersz, que tem 32 anos e é formada em antropologia social. A marca é focada em produtos pra rosto e corpo como óleos corporais, sachês de chá pra banhos, cremes, sabonetes.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.20.52

São duas linhas diferentes. A Ervas do Quintal traz produtos feitos a partir do que a Debora planta na casa dela. Ela tem um jardim com ervas, temperos, plantas medicinais – tudo tipicamente brasileiro e de fácil cultivo. Fazem parte, por exemplo, os sachês de banho, o chá de capim limão gelado e o molho pesto. As ervas são todas orgânicas! A segunda linha, Óleos do Brasil é produzida a partir de pesquisas por produtos típicos de regiões por onde a Debora viaja, seja nos mercados municipais, nas prateleiras do supermercado local, ou as que ela descobre nas conversas com os locais. O sistema é realmente artesanal do início ao fim.

Você pode montar um kit maneiro para presentear neste Natal a partir de R$45. Vendas pelo facebook: https://www.facebook.com/oleosdobrasileervasdoquintal

8- Caixinha de Brownies – do Salve Brownie

Quem quer presentear com chocolate, pensa no Salve Brownie, da Vanessa Camiza. Ela tem aquela história linda de empreendedor que larga tudo em uma multinacional pra fazer o que ama, e dá super certo. Eu, que não sou muito chegada a brownies, comi 4 de uma vez! E tem um com caramelo e flor de sal que é a coisa mais incrível que experimentei nos últimos tempos!

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.21.04

Tem três opções de kit de Natal, a partir de R$14. Encomendas: salvebrownie@gmail.com

9- Espadrilles – da Lapa 

A Paula Passos e o Pedro Drummond se inspiraram nas linhas, nos arcos, na paisagem, no bonde e no samba para criar a Lapa – uma marca novíssima de espadrilles, que acompanha com graça toda a poesia que a gente encontra lá.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.21.18

Custa entre R$79 e R$89. E os pedidos podem ser feitos através do e-mail: falaai@uselapa.com.br. O site vai entrar no ar em breve, mas enquanto isso tem a página do facebook.

10- Benta Studio

Conheci o Benta Studio em um evento d’O Cluster. É daquelas marcas que dá vontade de enquadrar as estampas! Tem muita cor e bom humor. Gabriela Garcia e Maitê Lacerda comandam a direção da marca, e além da loja virtual, tem lojinha de verdade pra se deliciar.

Captura de Tela 2015-12-04 às 18.21.41

Minha sugestão são os lenços – porque 1 peça pode virar 63 coisas

www.bentastudio.com

Showroom Benta Studio | Rua Visconde de Carandaí, nº 20 – Jardim Botânico,

Ateliê Anas Flats (somente lenços) | Rua Rainha Guilhermina, 249 – 202 – Leblon

OS/ON | Rua Lopes Quintas, 147 – Fundos – Jardim Botânico

Menos 1 lixo