Agua-Ralo

A empresa canadense de águas residuais internacionais (IWS) pretende transformar resíduos de água que as pessoas desperdiçam todos os dias e transformá-los em energia elétrica. Geralmente, a água que vai pelo ralo é drenada através do sistema de esgoto, levada a uma estação de tratamento de água, limpa e purificada e, em seguida, é liberada no meio ambiente.

Quando chega ao esgoto, essa água está quente. “É realmente uma maravilhosa fonte de calor. Os sistemas de esgotos são a artéria comum a qualquer cidade. Cada torneira acaba no sistema de um esgoto. Tudo acaba no mesmo lugar”, afirma Lynn Mueller, CEO da IWS.

Pensando nisso, a empresa desenvolveu dois sistemas que convertem o calor em energia, em grande e pequena escala. O sistema se conecta ao canal de esgoto e usa o calor residual para esquentar a água comum, ajustar a temperatura de edifícios e até fazer com que aparelhos de ar condicionado funcionem.

O sistema custa a partir de US$ 60 mil, mas segundo a companhia, ele compensa, já que o usuário não terá que pagar mais pela energia que consumir. “Para cada dólar gasto para operar o sistema, o consumidor recebe entre US$ 4 e US$ 5 em energia reutilizável”, explica Mueller.

Via Olhar DigitalBusinessInsider  

mais_sustentavel_vivagreen

Deixe uma resposta