Ocean-Cleanup-limpenza-do-oceano-950x534

O revolucionário sistema que foi concebido para recolher lixos dos oceanos, criado por Boyan Slat quando tinha apenas 19 anos, será oficialmente testado em águas abertas no verão de 2016, cerca de 23 quilômetros da costa holandesa no Mar do Norte.

A Ocean Cleanup Foundation  irá instalar uma barreira de 100 metros no Mar do Norte, onde ela irá recolher os sacos plástico, garrafas e outros tipos de resíduos. O sistema recolhe o lixo de forma passiva, permitindo assim que animais marinhos – como os golfinhos, focas ou até mesmo peixes – possam passar pela barreira sem problemas.

O principal objetivo do teste no Mar do Norte é monitorar os efeitos das condições do mar na vida real, com foco em ondas e correntes. Os movimentos da barreira e as cargas sobre o sistema será monitorado por câmeras e sensores.

Boyan Slat começou a desenvolver o mecanismo em 2013 e posteriormente adquiriu apoio de uma grande equipe de engenheiros e cientistas. A Ocean Cleanup – Limpeza do Oceano – é uma plataforma flutuante que se move através do oceano e usa suas correntes para concentrar os detritos de plástico para posterior recolhimento. O sistema pode armazenar até 3.000 metros cúbicos de plástico por vez – o equivalente a uma piscina olímpica – que serão coletados para reciclagem.

A Ocean Cleanup é também uma plataforma completamente auto-sustentável que combina a tecnologia com o meio ambiente e que é alimentado através da produção de energia solar e força das correntes oceânicas.

Engenharia É