Água

5 soluções para driblar a crise hídrica dentro de casa

Por novembro 1, 2015 Sem comentários
tucuru

A escassez de água não é mais um problema só do futuro. Para as concessionárias de água, a solução da crise hidrelétrica é aumentar as tarifas sobre o consumo residencial. Enquanto isso, designers, arquitetos e engenheiros investem em produtos com design sustentável e que ajude a economizar água de maneira prática e expressiva.

Confira 5 maneiras viáveis de diminuir o consumo de água dentro da sua casa, cortar gastos e ainda contribuir para o equilíbrio do ambiente:

waterbox_bimbon
Waterbox

As Waterbox são cisternas compactas projetadas para o armazenamento de água limpa, de reuso ou da chuva em áreas urbanas. Com capacidade para até 100 litros de água, é possível conectar a Waterbox à geladeira, chuveiro, máquina de lavar roupas e áreas externas e armazenar a água para utilizá-la em outros processos, como lavar o chão e reaproveitar na descarga do banheiro.

A estimativa é que a economia anual com a instalação da Waterbox  – que é 100% brasileira – seja de 20 mil litros de água – um investimento a curto prazo que trás benefícios para o bolso e para o meio ambiente. Mais detalhes aqui no catálogo do bim.bon.
 

Arejador de água

Uma torneira de pia tradicional gasta cerca de 13,8 litros por minuto. Com a instalação de um arejador, o consumo cai para 6 litros por minuto, representando uma economia de 57%. O arejador é uma alternativa barata de se economizar água, já que os preços variam entre R$13 e R$40. O dispositivo tem a função de misturar ar à água, diminuindo o fluxo, mas mantendo a sensação de volume e direcionando o jato.

Por isso, quanto maior a pressão, maior a economia, que pode variar entre 50% e 80% no consumo mensal, de acordo com os fabricantes.
 

Descarga Econômica

Os vasos sanitários com acionamento duplo já estão há algum tempo no Brasil – no entanto, muitos lares ainda utilizam o sistema tradicional de descarga, que utiliza até 15 litros de água por vez.

Com a descarga econômica, o gasto varia entre apenas 3 e 6 litros de água, dependendo se os resíduos forem líquidos ou sólidos – cada botão de acionamento é destinado a um deles. Existem diversas marcas e modelos no mercado, mas todas com a mesma função de economia.


Mictório Deca Save

Podendo ser instalado até em lugares em ponto de água, o mictório Save não possui descarga e funciona através de um cartucho que absorve a urina. O sistema interno de vedação não deixa odores no ambiente e o cartucho funciona para até 7.500 utilizações (depois de gasto, um cartucho novo custa cerca de R$129).
 

Poupa-água

Depois de perder R$5 mil e 300 mil litros de água por causa de um vazamento, o arquiteto paulista André dos Santos Silva criou o Poupa-água, um dispositivo que permite que o limite diário do consumo de água dentro de casa seja programado. Conectado ao encanamento principal, o aparelho interrompe o fornecimento de água caso o limite seja atingido.

A invenção já foi patenteada e a estimativa é que ela chegue ao mercado por cerca de R$500,00.

Bimbon

Deixe uma resposta